Patricia Piccinini: A graça de um estranho corpo


Sem pesquisar muito, apenas com algumas imagens divulgadas pela imprensa na memória, fui à exposição ComCiência, da artista Patricia Piccinini, no CCBB-RJ. 
De cara um impacto: o que é? uma vagina? boca? barba? orelha? pêlos na orelha? Procurei um título que me guiasse nessa confusão mas só encontrei uma descrição dos materiais usados: basicamente silicone, tintas e cabelo (humano!). 
Flor-Bota-444x295Entendi como um recado: não tente rotular as obras. E segui em frente. Meu objetivo de não ter como referência o corpo humano se sustentou por muito pouco tempo.
Vejo ânus, vagina, testículos, pêlos, tudo numa mesma imagem, em meio a outras obras genéticas, e vídeos de algo vivo, como um organismo, com movimentos e sons que, por algum motivo, me causaram empatia.
O-observador-219x329Como um corpo estranho nesse imenso corpo exótico surge uma ala com outros corpos, só que metálicos, e pelos quais nutrimos tantos fetiches. Gostei em especial de um quadro que remete à pintura de uma motocicleta.
o-visitante-444x296De volta ao que é orgânico, eis a obra que me fez visitar a exposição:
O que impressiona agora, passada a parte de maior abstração, como uma evolução, é a realidade e perfeição das obras, e como elas produzem e demonstram afeto.
O contato carinhoso entre o humano e o animal, o surreal. A hiperrealidade das obras consegue trazer pra perto de nós objetos da imaginação e criatividade infantis.
Falando em infância, alguém lembrou do filme Jumanji? Quando o menino começa a se transformar em macaco? Esse filme fez parte dessa época boa da minha vida, e detonava minha cabeça.
A exposição ComCiência, de Patrícia Piccinini, fica no CCBB do Rio até dia 27 de junho, todos os dias, de 9h às 21h, menos na terça, quando o Centro não abre. Não custa nada ir ver de perto! De verdade, é gratuito! Apenas segure o ímpeto de tocar nas obras, dá muita vontade!
o-tão-esperado-444x243

Confira abaixo (na ordem de aparição) algumas obras da artista comentadas no audioguia do CCBB, disponível também por meio do aplicativo “CCBB” (Apple Store e Google Play).

.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *