quarta 26 Abr 2017

Gustavo Black

Black Alien faz única apresentação no Teatro Rival no sábado

No próximo sábado, dia 10 de setembro, o rapper de Niterói Gustavo Black Alien faz show no Teatro Rival, acompanhado de Will Bone (sopros, teclado e baixo), Vitor Cabral (bateria e guitarra) e o DJ Castro. Black Alien é um […]

Continue Reading...
A-Confortadora

Patricia Piccinini: A graça de um estranho corpo

Sem pesquisar muito, apenas com algumas imagens divulgadas pela imprensa na memória, fui à exposição ComCiência, da artista Patricia Piccinini, no CCBB-RJ. De cara um impacto: o que é?

alien

Brasil Jamaica na Fundição Progresso

Sexta-feira próxima, dia 6, o Brasil e a Jamaica se encontram para uma noite de shows regada a reggae e rap. The Wailers Band Reunion com Julian Marley, Black Alien e Cidade

marcelinho da lua

RODA, uma festa 99% brasuca

A primeira edição da RODA, uma festa 99% brasileira, novo projeto do músico e DJ Marcelinho da Lua, acontece dia 7 de maio, próximo sábado, no Casarão Floresta, Cosme

Elisa Bracher_D378 bx

Elisa Bracher expõe a cor em desenhos inéditos

Conhecida por atuar nos limites de escala, peso e equilíbrio, com obras monumentais situadas em espaços públicos de cidades brasileiras como Rio e São Paulo, e internacionais como Essex (Reino Unido)

splash_miguel

O fantástico arquipélago de Bruno Miguel

Política de Acessibilidade Supergiba. O conteúdo deste post está disponível em aúdio. Ao conjunto de ilhas dispostas em uma superfície marítima dá-se o nome de arquipélago. Assim é o

henrique_madeira_artecore_2013-453

ARTE CORE começa hoje no MAM Rio

De hoje a domingo, os amantes da arte de rua, do skate e da música têm um encontro marcado com artistas desses três segmentos em mais uma edição do

John Cage. foto VINCENT MENTZEL 1988

Happenings 2015: John Cage

De Segunda a um ano é o primeiro e único livro escrito por John Cage publicado no Brasil. Com tradução de Rogério Duprat e Augusto de Campos, trata-se

rembrandt

Selfie-se quem puder!

Rembrandt, quem diria, adorava uma selfie. No tempo dele, todos sabemos, não havia smartphone. O jeito era passar horas no ateliê, pintando até que fosse "revelado" na tela

Amilcar de Castro_ s título decada 80_ material aço corten_ 195 x 240 x 230 x 5 cm

Amílcar de Castro em retrospectiva no MAM

A notícia da semana fica por conta da exposição do mineiro Amílcar de Castro em retrospectiva no MAM. Para celebrar a obra do importante artista mineiro, morto em

Powered by WordPress | Deadline Theme : An AWESEM design